ECT

A Eletroconvulsoterapia (ECT) é uma técnica de estimulação cerebral não invasiva, em que dois eletrodos são colocados em regiões específicas da cabeça do paciente liberando uma energia elétrica que visa induzir uma crise convulsiva controlada no paciente. É indicada em situações clínicas nas quais o risco à vida é iminente, como em quadros depressivos graves com situações clínicas especiais.

Referência no estado de Minas Gerais e no país, o serviço de ECT do Hospital Espírita André Luiz (HEAL) oferece o que há de mais moderno em relação à técnica, à aparelhagem e ao cuidado com o paciente e com os familiares. O procedimento é realizado por uma equipe de médicos psiquiatras, anestesiologistas e de enfermagem altamente capacitada.

A ECT é oferecida a pacientes internados no próprio hospital e/ou externos (ambulatorial), encaminhados por médicos assistentes. O tratamento é recomendado em diversos quadros neuropsiquiátricos, como depressão refratária, transtorno bipolar (mania e depressão), catatonia, esquizofrenia, transtorno esquizoafetivo, síndrome neuroléptica maligna, epilepsia refratária e doença de Parkinson.

Mais informações e agendamento de avaliação: (31) 3115-2613 ou pelo ect@heal.org.br.

Procedimentos: de 2ª a 6ª feira, somente pela manhã (a partir das 8h)

 

Saiba mais sobre a ETC:

Leia matérias que falam sobre o procedimento:

Ser + – Edição 4: matéria Estímulo que salva vida (ECT) 

Dr. Dráuzio Varela fala sobre Eletroconvulsoterapia

Site da Sociedade Internacional de Eletroconvulsoterapia (em inglês)

Série de reportagem do Fantástico sobre depressão

Canal da Psiquiatria – Associação Brasileira de Psiquiatria