Ser + News – 143ª Edição

SerNews-01
De 02 de janeiro a 08 de janeiro/2020  – 143ª edição
SerNews-07
SER ano novo
ANO NOVO! NOVO DIA, NOVO MOMENTO
A passagem de ano é um momento cheio de significados. O novo começo em janeiro nos inspira a deixar para trás aspectos que não desejamos dar continuidade. Isso nos fornece motivação necessária de renovação da nossa confiança.
Carta de Ano Bom

(Casimiro Cunha)

Entre um ano que se vai
E outro que se inicia,
Há sempre nova esperança,
Promessas de Novo Dia…

Considera, meu amigo,
Nesse pequeno intervalo,
Todo o tempo que perdeste
Sem saber aproveitá-lo.

Se o ano que se passou
Foi de amargura sombria,
Nosso Pai Nunca está pobre
Do pão de luz da alegria.
Pensa que o céu não esquece
A mais ínfima criatura,
E espera resignado
O teu quinhão de ventura.

Considera, sobretudo
Que precisas, doravante,
Encher de luz todo o tempo
Da bênção de cada instante.

Sê na oficina do mundo
O mais perfeito aprendiz,
Pois somente no trabalho
Teu ano será feliz.

Não esperes recompensas
Dos bens da vida terrestre,
Mas, volve toda a esperança
À paz do Divino Mestre.

Nas lutas, nunca te esqueças
Deste conceito profundo:
O reino da luz de Cristo
Não reside neste mundo.

Não olhes faltas alheias,
Não julgues o teu irmão,
Vive apenas no trabalho
De tua renovação.

Quem se esforça de verdade
Sabe a prática do bem,
Conhece os próprios deveres
Sem censurar a ninguém.

Ano Novo!… Pede ao Céu
Que te proteja o trabalho,
Que te conceda na fé
O mais sublime agasalho.

Ano Bom!… Deus te abençoe
No esforço que te conduz
Das sombras tristes da Terra
Para as bênçãos de Jesus.”

O HEAL deseja a todos um ano novo repleto de boas novas energias!
SerNews-05
SER doe
DOAR FAZ BEM PARA QUEM RECEBE E PARA QUEM DOA
Com os sentimentos cultivados no Natal e o Ano Novo, as pessoas tendem a ser mais solidárias umas com as outras. Há uma forte relação entre caridade e saúde mental, uma vez que pessoas mais solidárias são mais esperançosas, além de serem menos propensas a ter depressão e ansiedade.

A doação é uma troca, você passa para o outro sua energia e abre espaço para uma nova energia preencher você e sua casa.
Quando o ato de doar é feito com o coração e de forma voluntária, além da renovação de energia, trará também prosperidade e abundância.

Existem vários outros benefícios de doar:

Quando doamos objetos, liberamos espaço para adquirir outros. Caso a intenção seja comprar novos itens, pratique o consumo consciente e dê preferência a roupas de bazar, pois as mais sustentáveis são aquelas que já existem. Porém, se optar por uma peça nova, dê preferência as marcas de pequenos empresários que usam a mão de obra local e sustentável.

Quando você doa um aparelho eletrônico ou um móvel, o meio ambiente é preservado e é estimulado o consumo consciente. Doar o que já não é mais usado, alimentos comprados a mais, aparelhos eletrônicos ou até mesmo móveis, evidencia que temos mais do que precisamos e que podemos compartilhar com os mais necessitados.

Portanto, doar traz somente benefícios! No HEAL, toda renda é destinada ao tratamento de pessoas com vulnerabilidade socioeconômica.

Cultivar o hábito de doar é uma das maneiras de contribuir com aqueles que precisam, causando um grande impacto social e  transformando a vida das pessoas que serão beneficiadas. Além de contribuir com o meio ambiente mudando o nosso ecossistema como um todo.

Há outras formas de contribuir com o HEAL confira:

rgb dia de doar
Que tal desapegar doar para o nosso Bazar Beneficente? Entre em contato(31) 3115-2644 ou (31) 9 9243-0192
SER Janeiro Branco
JANEIRO BRANCO: SAÚDE MENTAL

Você sabia que existe uma campanha em janeiro para pensar e promover ações em prol da saúde mental?

Janeiro é um mês onde as pessoas estão mais propensas a refletir sobre a vida, projetos e estão renovando suas esperanças.

Pensando neste fato, em 2014 um grupo de psicólogos de Uberlândia – Minas Gerais criou o projeto “Janeiro Branco”, com o intuito de levar a reflexão das condições psicológicasconscientizar a população para a promoção do bem-estar psíquico e investir na Saúde Mental.

A campanha convida pessoas a pensarem no sentido e propósito de suas vidas, rever qualidade das relações e estimular o autoconhecimento. Também tem a finalidade de colocar os temas da saúde mental em máxima evidência em nome da prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. Além de ter o poder de sensibilizar as mídias em relação a importância em valorizar a Saúde Mental.

Segundo o relatório produzido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), saúde mental é “um estado de bem-estar em que o indivíduo percebe suas próprias habilidadesconsegue enfrentar as situações estressantes que são comuns nas rotinas diárias e é capaz de ter uma vida ocupacional produtiva”. Nesse sentido, a campanha Janeiro Branco busca valorizar a estabilidade mental e alertar sobre o perigo de doenças mentais.

Na atualidade, vivemos em uma sociedade extremamente competitiva, consumista, com uma rotina super acelerada, e que supervaloriza as aparências. Essa busca incessante de aparentarmos  que estamos sempre bem é altamente prejudicial e incitam os indivíduos a uma permanente prontidão dos sentidos que podem terminar por levá-los à exaustão física, mental e emocional. Além de prejudicar nosso sistema imunológico,  (já que nossas emoções tem influencia no corpo físico) abrindo assim, brechas para diversas doenças.

impacto do adoecimento emocional pode ser devastador, por isso, a conscientização sobre a importância de cuidar da Saúde Mental é fundamental. Há sofrimentos que podem ser prevenidos e dores que podem ser evitadas.

E como anda a sua saúde mental?
SerNews-04
SER baile
BAILE DANÇANTE DOS PACIENTES!
Com a proximidade do encerramento do ano e com esperanças de renovação,  os profissionais da Educação Física do Hospital Espírita André Luiz tiveram uma ideia fantástica para criar um momento de lazer e socialização para os pacientes: Um baile dançante!

Considerando o isolamento social, sentimento de solidão pela ausência familiar e das redes sociais, bem como os sintomas ocasionados pelo quadro de algumas doenças, foi realizado o baile dançante como uma estratégia terapêutica inclusiva.

Os momentos que foram compostos por muita música, dança e conversa, foram suficientes para arrancar lindos sorrisos. Além disso, também foi possível descobrir novos talentos, como dança e canto.
Também foram distribuídos geladinhos deliciosos para complementar a diversão! 

No momento do baile, o dançarino (paciente), o violonista e a cantora, se encontram, a solidariedade se instala, o sorriso surge e a alegria se renova.

SerNews-02
DOE PARA O HEAL
Siga-nos em nossas redes sociais!

Quer receber informações sobre o HEAL?

Cadastre-se e receba nossos informativos!

Ao enviar este formulário, você automaticamente estará aceitando nossa política de privacidade.

Quer receber informações sobre o HEAL?

Cadastre-se e receba nossos informativos!

Ao enviar este formulário, você automaticamente estará aceitando nossa política de privacidade.